Meta, por vezes temida, por vezes desejada, mas em última análise um instrumento fundamental de gestão em qualquer área de negócio. Em vendas não poderia ser diferente. Quando bem utilizada, contribui sobremaneira para a sinergia da equipe, para o atingimento das expectativas do negócio e também dos “donos” das metas, além de produzir um clima positivo para relacionamento entre gestores e vendedores.

A meta precisa ser definida de forma simples. Nada de formulações complexas. Altamente recomendável que seja obtida por um processo participativo que promova o compromisso das partes: gestor e vendedor. Da parte do gestor o compromisso de investimento dos recursos necessários de promoção dos produtos ou serviços junto ao mercado - treinamento, marketing, materiais -, e da parte do vendedor o compromisso de foco, disciplina e dedicação para atingi-la.

Em primeiro lugar é necessário ter objetivos bem definidos. A meta mostra ao vendedor onde ele deve chegar e o que a empresa espera dele. Apesar do processo simples, estabelecer metas exige muito cuidado, pois cada vendedor possui um perfil e capacidade diferentes.

Todo vendedor tem consigo mesmo o propósito de atingir – bater - a meta. A meta motivadora e desafiadora irá estimular o vendedor na direção do seu atingimento e dos resultados esperados. A seguir vem o processo do reconhecimento, combustível para o próximo período.

Normalmente a meta é definida para o período de um mês. Vendedor,  faça disso um processo: divida o valor da meta pela quantidade de dias úteis do mês e busque atingir sua meta diária. Não espere a última semana para “correr atrás da meta”. Conviva com ela no seu dia a dia. Importantíssimo é estabelecer ou escolher as estratégias que serão adotadas – o como - para atingir a metas.

Reconhecimento também significa comemoração. Importante comemorar. Se você, vendedor, atingiu sua meta, comemore. Se não for possível com a equipe, comemore na companhia de uma pessoa importante para você, ou até mesmo sozinho. Quem sabe uma cervejinha no final do expediente.

Crie um dashboard de gestão de metas – no link http://www.upwaycrm.com.br/planilha-gestao-de-metas-crm você pode baixar um exemplo de gestão de metas e seu respectivo dasboard de gestão.

Pequenas ações muitas vezes não notadas fazem muita diferença.

Estabelecer metas plausíveis que estimulem o vendedor é muito importante, mas não basta apenas estabelece-las, o líder deve sempre acompanhar de perto sua equipe, mostrando o que pode ser feito para melhorar e também sabendo reconhecer os acertos.

Uma equipe unida e motivada se esforça ao máximo para cumprir metas e, com certeza, chega a melhores resultados.

Boas vendas e sucesso!

Fábio Furlan, fundador UpWay

Sólida experiência e expertise na gestão de negócios, marketing, vendas, planejamento estratégico de mercado e coaching para as equipes de trabalhos interna e externa.